Seguidores

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Eu ainda posso sentar na Tua mesa!


Diga-me... 
ainda eu posso sentar na Tua Mesa,
beber da Tua água,
olhar dentro dos Teus Olhos,
 e sentir que Tu ainda me amas?
Que perdoa a minha fraqueza 
de às vezes ter pensado só em mim,
quando os meus problemas eram pequenos 
comparados com os de tantos sofredores 
aqui na terra?


Hoje eu posso ver o passado lá distante,
 me transformando, e mostrando que a vida
 é algo emprestado por Ti, 
e que me destes a chance de viver
 num mundo maravilhoso que por alguns dias
 eu me esqueci de agradecer!
Se eu Te olho hoje com vergonha, 
e as lágrimas escorrem no meu rosto, 
é porque a lição foi útil!

Há tanta paz no céu - 2-



 

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Plante as flores da persistência!


Dona Rosinha possuía o jardim mais lindo 
de uma cidadezinha do interior!
Plantava rosa, orquídea, cravo, Adália, qualquer flor!
O jardim dela era perfumado 
e exalava um aroma sem igual!
Aquele colorido todo levantava qualquer astral!

E dona Rosinha mostrava para os filhos 
as flores que havia plantado
Porém o jardim da senhorinha por eles era ignorado!
Passavam perto e nem olhavam 
e às vezes nas flores eles até pisavam!
Assim mesmo ela plantava a esperança; 
pelo menos recebia os aplausos da vizinhança!

domingo, 26 de agosto de 2012

Até parece que nós estamos dormindo!


O sol sumiu e nunca mais vai aquecer a terra
Não haverá mais estações de ano,
nós viveremos sem verão e primavera
O mar secou, os rios e os lagos também
Não adianta mais rezar e nem dizer amém!


Sumiu o horizonte que nos mostrava um lindo caminho
Morreu todos os animais 
e não se ouve mais o canto do passarinho
Onde estão as estrelas que estavam no céu a brilhar?
A partir de agora nós não temos mais a vida
e isto vai ser um eterno lamentar!
  

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Quem pode fazer algo está feliz e não quer fazer!


O mal ainda triunfa no meio de todos nós
 E ele vem de uma forma bem veloz
Nem todo homem usa a camisa da serenidade
Alguns evitam o que é benéfico e exaltam a maldade!

O ser humano às vezes se assemelha com um bicho!
Dá para acreditar que uma mãe joga o filho no lixo?
E que atear fogo num mendigo para alguns é natural?
E ainda fazem isto rindo!
Que pena eles merecem, que castigo? 
Diz-me para onde nós estamos indo?

terça-feira, 21 de agosto de 2012

O homem que imitava os outros!


Se alguém estava subindo a ladeira 
ele subia também!
Se alguém estava descendo a ladeira 
ele descia também!
Das atitudes dos outros ele era um refém!

domingo, 19 de agosto de 2012

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Um motivo a mais para dar um passo!


Eu reclamei da vida e eu sei que é um absurdo
Eu tenho voz os meus lábios não estão mudos
Existem homens silenciosos sorrindo!
Eu me esqueci de agradecer a Deus 
a voz que da minha boca está saindo!

Um nada eu quero ser!


Hoje me deixe ser um nada
Um nada eu quero ser!
Você já se sentiu assim?
Querendo sumir, evanescer?

As crianças brincam na rua
No céu tem a lua
E de vontade a minha alma está nua

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

As suas mãos estão soltas!


Vá em frente, segue adiante!
Nunca tenha atitudes limitantes!
Não estacione porque os outros estão parados
E conquiste com garra o seu espaço!

Então vai...segue a sua vida!


Não me olhe assim, pois vai me tirar o sono!
E uma noite longa e sem amor destrói um coração!
Aonde eu vou obter pensamentos 
que me desviem desta solidão?

Você está indo embora tão cedo 
e desconsidera o meu desespero!
Dizem que no mundo 
existem muitas pessoas para se amar!
Mas quando eu estou na multidão 
eu sempre procuro o seu olhar!

sábado, 11 de agosto de 2012

A fraqueza do Mal!

Ah mal... 
Se pensas que eu vou desistir de vencer, nem penses!
A cada tropeço eu vou me levantar mais vibrante
A cada escorregão eu irei mais à frente...
Nada no mundo pode deter a minha determinação
Se aparecerem grades no meu caminho, 
eu as derrubarei com a força do meu perdão.
Uma porta fechada para mim não é nada,
eu irei ao encontro de outras...
Mesmo que seja extenuante a minha caminhada!

Como semear as flores da paz e do amor?


Num dia triste da minha vida,
eu zelava do meu jardim
A melancolia e o ódio reinavam dentro de mim!
Eu estava em pranto!
Eu semeei flores e nasceram ervas daninhas!
E isto não me causou espanto!
As minhas mãos estavam frias 
e havia muita mágoa no meu olhar!
O meu pensamento estava voltado para o rancor!
Eu semeei por semear!
As flores só nascem em um solo adubado pelo amor!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Você lutou! Você venceu!


Não fique triste se o seu caminhar for lento!
Quem senta no meio do caminho para blasfemar,
acaba estacionando e mais distante ainda 
estarão os  sonhos!

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Você pode e deve fazer a diferença!


 Hoje é diferente de ontem
Comece o seu dia pensando assim
Tudo pode mudar para você e para mim!
Nem todos que te magoaram vão te magoar de novo
Esqueça se isto for o pensamento que te segue
Não pense no mal, esqueça e até o renegue!

terça-feira, 7 de agosto de 2012

A minha bagagem!


Os meus pés estão calejados, 
mas eu cheguei aonde não imaginava chegar
Caminhei por caminhos que eu não queria andar
Fiz coisas que eu não queria fazer
Disse palavras que eu não queria dizer

Deus foi me ensinando!


Eu reclamei do silencio
Então choveu e relampeou
Eu reclamei do calor
Então esfriou em exagero e nevou!

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

A vida quer me ensinar a viver!


A vida ás vezes parece traiçoeira!
Quando eu dou muito valor a algo,
ela vem e arranca esse algo das minhas mãos!
E o que eu mais temo 
ela parece querer me dar de presente!

Eu só quero de volta o seu coração!


Em uma noite enluarada,
 eu vou lhe ofertar uma serenata
Por favor, me ouça, não seja ingrata!
Na areia da praia eu vou escrever EU TE AMO!
Em várias línguas em inglês, japonês, 
frances e italiano!

domingo, 5 de agosto de 2012

Ai, meus ais! Ai que tédio!


Todos os dias são iguais, ai que tédio!
O pensamento me diz que isto não tem remédio
A noite eu vou descansar na minha cama, 
de manhã tomar o meu cafezinho
Se o dia vai ser bom eu não sei, 
pois eu não sou adivinho!

Brilhe!


Como eu te amo!
Linda quando corre para lá e para cá!
E ainda tem fôlego para me acalentar!
Você veio para a pessoa certa
Nunca mais a casa ficou deserta!

sábado, 4 de agosto de 2012

Jardineiro relapso!


O jardineiro que cultiva um jardim com muito carinho,
porém não tem atenção quando pisa no canteiro,
acaba pisoteando as próprias flores!
E elas morrem, ele destrói um jardim inteiro!
E ele sabe que não adianta chorar pela flor morta!

Muletas da vida


Quando algo na sua vida começar 
a ter uma aparência de muletas,
 não se iluda e  busque o equilíbrio!
Tudo o que não deixa você caminhar 
com os seus próprios pés causa dependência!

A paz e a nossa imaginação

De noite eu quero me iluminar
com o brilho de uma estrela
De dia eu quero o calor do sol
aquecendo o meu interior
Eu quero ver um mundo colorido
da minha janela
Que sejam mais cultivados a paz,
a brandura e o amor!

O MUNDO NÃO TEM PORTAS - Janete Sales

 
Video editado pelo meu Amigo, 

*Poeta Flávio Mendonça*!

Entre neste link e o conheça o perfil 
deste grande artista no Peapaz:



Quer ficar do meu lado?
Fique, mas porque você quer ficar!
Não se prenda a mim com o intuito de me agradar
O mundo não tem portas, o homem foi o inventor.
Inventou as portas para se esconder ou aprisionar!

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Ausência necessária


Você poderia ter me abraçado e me revelado o rumo
Mas você ficou de longe presenciando o meu pesar
Então eu avancei sozinha com lágrimas nos olhos

O que esperar de nós?


O que esperar de mim?
Dedicação e esforço até o fim!
O que esperar da vida?
Vai haver sempre um recomeço,
Ou um adeus, um aceno de despedida!

Mãos diferentes

É algo muito triste olhar as pessoas
e desejar que elas sejam iguais!
Nada é igual neste mundo,
nem mesmo as nossas próprias mãos são parecidas,
uma é diferente da outra,
acho que isto é para demonstrar que as diferenças
existem até em nós mesmos e não nos diminui em nada
E o mesmo acontece quanto às diferenças,
entre os nossos irmãos aqui da terra,
elas se completam!

quarta-feira, 1 de agosto de 2012