Seguidores

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Soneto Alma de Amor

 Soneto com
versos decassílabos heróicos



Sou sopro na janela a tua procura
Sou sereno catita a te sondar
Existo a lastimar pela ventura
Um choro vendaval deixo no ar     




Sou chama dolorida de doçura
Sou oceano infeliz a soluçar
Existo a desejar a tua tortura
Meu elevado safira a relutar



Reapareça mistério protetor!
Amo recomeçar alma de amor
Existo dependente do teu leste

 

O desejo castiga a minha mente
Amo romantizar uma semente
Revele a tua figura sem a veste...

Janete Sales Dany
T 5092126


Poesia registrada na Biblioteca Nacional
No livro "O endereço é uma ilusão e outras"
Página:14


Licença Creative Commons
O trabalho Soneto Alma de Amor de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Meus sonetos também em vídeo:



Acentuação tônica na 6ª e 10ª sílabas



Exemplo de escansão ou separação de silabas poéticas
SONETO DECASSÍLABO HEROICO
SONETO ALMA DE AMOR
Sou /so/pro /na /ja/NE/la a /tua/ pro/CU/ra
Sou/ se/re/no/ ca/TI/ta a/ te/ son/DAR
E/xis/to a/ las/ti/MAR/ pe/la/ ven/TU/ra
Um/ cho/ro/ ven/da/VAL/ dei/xo/ no /AR    

Sou/ cha/ma/ do/lo/RI/da/ de/ do/ÇU/ra
Sou/ o/cea/no in/fe/LIZ/ a /so/lu/ÇAR
E/xis/to a /de/se/JAR /a /tua/ tor/TU/ra
Meu e/le/va/do/ sa/FI/ra a/ re/lu/TAR
Rea/pa/re/ça/ mis//rio/ pro/te/TOR!
A/mo/ re/co/me/ÇAR /al/ma/ de a/MOR
E/xis/to /de/pen/DEN/te /do/ teu/LES/te

O /de/se/jo/ cas/TI/ga a /min/ha /MEN/te
A/mo/ ro/man/ti/ZAR/ u/ma /se/MEN/te
Re/ve/le a/ tua/ fi/GU/ra/ sem /a/ VES/te...


Janete Sales Dany

Meus Sonetos em versos decassílabos heroicos
Clique no nome em dourado para ver:
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-cigano.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-jardim-florido.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-jarro-sedutor.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-alma-cigana-corrigido.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-alma-de-amor.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-coracao-cigano.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-do-coracao-ferido.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-do-amanhecer.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-alma-poeta.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-sara-kali.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-menina-pobre.html
http://danysempre.blogspot.com.br/2015/01/soneto-chao-trincado.html
Apresento a Edição de Janeiro - 2017 (n º24)
da ANTOLOGIA LOGOS - 310 participantes de 16 países.
Uma honra estar entre tantos escritores de ótima qualidade, num trabalho primoroso dos queridos amigos Carmo Vasconcelos e Henrique L. Ramalho, um incentivo sem igual a literatura  Gratidão eterna


Nenhum comentário:

Postar um comentário